quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

A cadeira vazia ou o lugar do lado!


"O lugar do lado permanece vazio,
Cheio de nada,
Que ninguém teima em ocupar.
A cadeira ao lado espera por ti.
Se vens, quando vens, não importa.
Não te procuro, nem te espero,
Mas, se te encontrar...
O lugar ao lado continua vazio.

Já fui à guerra, convencido que sobreviveria
Sabendo que perdi a batalha,
Mas que estagnaria, sabendo que a evitei.
Hoje, acima de tudo, evito a guerra.
Deixo a cadeira vazia,
Cheia de nada.
Sem esperar, mas na esperança."

1 comentário:

Peter disse...

a cadeira ao meu lado continua vazia, nao que eu nao queira que ela fique ocupada, mas sim pq ninguem se quer sentar numa cadeira de picos, doi! Existem herois que tentam sentar-se nela, por algum tempo, mas quando permanecem eu viro-me e empurro-os fazendo com que eles caiam e a cadeira volta a ficar vazia, sem ninguem, e depois entro em desespero porque quero a cadeira ocupada!!! Ciclo vicioso