domingo, 20 de setembro de 2009

Montanha-Russa


Começo por dizer que a vida é realmente tramada! Uma verdadeira montanha russa carregada de loopings, voltas, quedas e subidas que nos deixa muitas vezes enjoados e desnorteados. Será que não podemos estar isentos de curvas de 180 graus? Será que não existem linhas rectas sem obstáculos? Será que não existe uma segurança 100% fiável? Será sempre assim, bem sei.
Após iniciar este último quadrimestre do ano, apercebo-me de que talvez este ano de depressões e precipícios constantes não tenha sido somente um mau ano. Tento encarar a realidade por outro ponto de vista e apercebo-me de que esta fase pode também ter sido uma etapa de amadurecimento, de crescimento, de assimilar o adulto que sou hoje. Para trás ficou a minha personagem de criança, os sonhos e fantasias constantes, os medos, as pequenas vitórias.
Hoje o que faço tem uma repercussão diferente e é hora de saber viver com o que construí e continuo a construir para mim. Não posso permanecer sentado no chão do meu quarto a chorar uma tristeza vã por a vida não ser exactamente como esperava que fosse. É altura de limpar o pó acumulado e sair porta fora. Um dia de cada vez, com delicadeza, vou encarar o sol que brilha lá fora e dar a volta por cima! Este parque de diversões pode ser matreiro e tentar conduzir-me, mas eu serei mais astuto e a partir de agora serei eu o comandante do meu próprio navio!
Sei que lá fora ainda posso voltar a ser arquitecto dos meus próprios projectos e ser ainda o construtor dos mesmos! Só preciso de prosseguir viagem com esta força de vontade e tentar não cair se algum buraco surgir. Só tenho de aprender a aceitar-me, porque no fundo, não posso amar ninguém enquanto não me amar e não conseguir viver comigo mesmo!

1 comentário:

Samuel Pimenta disse...

Um mistério, viver é um mistério! Podem existir pensadores, filósofos, teorizadores... todos terão o seu ponto de vista no que diz respeito à melhor forma de viver, mas nenhum é detentor de uma fórmula milagrosa. Viver é arriscar, é ter audácia em seguir pela corda que permite a passagem no precipício! Por vezes, caímos, mas o Homem não nasceu para andar por terra, é contra a sua natureza. Ser Homem exige que nos ergamos e lutemos arduamente!
Luta, também. Podes perder, podes ganhar, mas isso significa que vives e não há nada melhor do que viver!
Vive em pleno, sempre!

Peace! ; )